O MÁGICO E O “EXPERT” NA MESA DE CARTEADO

Uma das mais famosas histórias da mágica foi o embate entre o mundialmente famoso Harry Houdini e o, até então desconhecido, Dai Vernon. A seguir, detalhes e fatos curiosos sobre essa história.

1. O CONTEXTO

O ano era 1922. Houdini era, talvez, o mágico mais famoso de sua época, e sua grande fama só era equiparada a sua arrogância. Do alto de seus 48 anos de idade, sendo 31 deles dedicados à carreira, Houdini anunciava: “Mostre-me qualquer truque de cartas três vezes seguidas, e eu lhe direi como você fez.”

Harry Houdini já era o famoso escapista. Mas antes de conseguir sua fama como mestre das fugas, Houdini promovia-se como “O Rei das Cartas”. Jim Steinmeyer em seu livro: “Hiding the Elephant” diz que Houdini não era o melhor mágico de sua época – posto ocupado por Howard Thurston. Porém, enquanto Thurston promovia seus shows, Houdini promovia a sua própria lenda, daí o porquê o nome de Houdini ser, até hoje, sinônimo de mágica.

1895 - Harry Houdini, king of cards
Cartaz de Houdini de 1895

Foi nesse contexto que um jovem canadense encontrou Houdini no Great Northern Hotel em Chicago. Esse jovem aceitou o desfaio de Houdini e executou um número que estava em alta na época: a carta ambiciosa.

2. A CARTA AMBICIOSA

A rotina original da carta ambiciosa é atribuída ao mágico francês Gustav Abelrti e teria sido criada em meados do século 19. No livro “Nouvelle Magie Blanche Devoilée” de Ponsin há um efeito similar.

Ambiciosa Ponsin
Suposto truque “pai” de “A Carta Ambiciosa”, 1854

Vernon apresentou a sua própria versão de A Carta Ambiciosa.  Houdini escolheu uma carta e assinou nela as suas iniciais “HH” e devolveu a carta no meio do deque. Com um estalo de dedos a carta assinada magicamente apareceu no topo do deque. Houdini ficou assombrado e Dai Vernon repetiu o truque. E depois, mais uma vez, pela terceira vez, desafiando assim Harry Houdini. “Você tem uma carta duplicada” chutou Houdini. Vernon calmamente replicou: “Com as suas iniciais, Harry?” Houdini então sugeriu que Vernon pudesse estar usando um swammi, mas Vernon replicou que as iniciais estavam escritas com tinta. “Já se fabrica com tinta, agora” tentou Houdini, mas nenhum mágico no recinto sequer havia ouvido falar em swammi com tinta.  “Harry, você foi enganado” gritou Sam Margules, um produtor do shows de mágica e antigo assistente de palco de Horace Goldin.

Ultrajado e indignado, Houdini exigiu que Vernon fizesse o truque mais uma vez, muito embora Vernon já o tivesse repetido três vezes, o limite do desafio do próprio Houdini. Dai Vernon, diante de alguns dos melhores mágicos de Chicago repetiu o truque mais quatro vezes. Ao todo, sete vezes em sequência. E a carta assinada por Harry Houdini, teimou em aparecer no topo do deque todas as vezes. Houdini até tentou empurrar devagar e deliberadamente a sua carta no meio do deque, mas isso não fez diferença nenhuma. Houdini não admitiu ter sido enganado, e saiu. No entanto sua esposa Bess Houdini (que acabou se tornando madrinha do filho de Vernon, Ted) mais tarde admitiu para Dai vernon que Houdini passou metade daquela noite acordado tentando descobrir como o truque foi feito, porém sem sucesso.

O número de Dai Vernon tornou-se imediatamente um clássico e ficou conhecido como “o truque que enganou Houdni”. Harry Houdini era invejoso e orgulhoso, e jamais admitiu ter sido enganado. Alguns anos mais tarde, Houdini – então presidente da Sociedade Americana de Mágicos – e outros mágicos estavam em uma reunião anual no Restaurante Riggs, em Nova York. Dentre os presentes, Sam Margules, Al Baker, Sam Horowitz e… Dai Vernon. Houdini então sobe ao palco e apresenta alguns números com cartas e executa um empalme bastante medíocre. Margules, inocentemente, sugere que Houdini pedisse que Vernon o ensinasse a empalmar. Houdini enlouqueceu. A mera sugestão que outro mágico pudesse ensinar algo ao grande Houdini o enfureceu. Mas não se sabe que o que o enfureceu de verdade foi a sugestão de aprender com outro mágico, ou se o fato desse outro mágico ser Dai Vernon. Coincidência ou não, uma das frases mais famosas de Dai Vernon refere-se justamente à técnica do empalme: “A maioria dos mágicos… consideram o empalme um movimento fácil de fazer e estão inclinados a acreditar que ‘eles conseguem se safar com ele’, quando na verdade eles apenas tem a sorte de ter uma plateia educada.

Charles Miller e Dai Vernon enganando Houdini. Desenho de Akemi Yoshida
Charles Miller e Dai Vernon enganando Houdini. Desenho de Akemi Yoshida

3. “THE EXPERT AT THE CARD TABLE

Quando perguntado sobre a sua técnica, Dai Vernon revelou o seu segredo: aprimorara-a estudando o livro: “The Expert at the Card Table” de S. W. Erdnase, um livro considerado difícil demais pelos mágicos da época, que o consideravam ser impossível aprender com ele por ser “técnico demais”. Por outro lado, Dai Vernon, estudou e reestudou o livro minunciosamente. Considerava-o “extremamente detalhado”.

Vernon recebeu uma cópia de “The Expert…” quando tinha 12 anos. O livro, apesar de focar na trapaça com cartas transformou a vida do jovem David. O livro, aliás, é considerado por muitos como o marco inicial da cartomagia moderna.

Provável exemplar que Dai Vernon ganhou de presente. Edição Drake de 1905.
Provável exemplar que Dai Vernon ganhou de presente. Edição Drake de 1905.


4. DESFECHO

Houdini jamais admitiu ter sido enganado, e muito embora outros mágicos tenham enganado Houdini, foi Dai vernon que ganhou a alcunha de “O Homem que Enganou Houdini”. Alguns autores dizem que Dai Vernon usou sim uma carta de dupla face para enganar Houdini. Outros dizem que Vernon enganou Houdini apenas com um excelente “double lift“. Ironicamente, o “double-lift” não é ensinado em parte alguma do livro “The Expert at the Card Table“.

5. BIBLIOGRAFIA

* www.magicagora.com

* blog.ellusionist.com

* www.mental-magic.com

* Google Books – Nouvelle Magie Blanche Devoulle

* Livro: Hiding the Elephant, de Jim Steinmeyer

Para saber mais: “The Magician and the Card Sharp”, de Karl Johnson

Amplexos!

Um comentário sobre “O MÁGICO E O “EXPERT” NA MESA DE CARTEADO

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s