MULHERES DE OURO DA MÁGICA

Levante o braço quem já ouviu falar em Adelaide Herrmann. Aposto que você foi um dos que não levantaram o braço. Mas tudo bem, afinal, para a nossa própria desgraça as mulheres raramente são lembradas na mágica, a não ser como partners para serem serradas ao meio.

Mas e o que dizer de Adelaide Herrmann, Victoria Berland, Mercedes Talma, Mrs. Kellar, entre outras?  Houveram muitas mulheres, como essas citadas, que brilharam na era de ouro da mágica (1890-1930), e por isso eu as chamos de “Mulheres de Ouro da Mágica”.

Em uma época onde mulheres ainda não tinham adquirido plenamente o seus direitos, elas brilharam em cima dos palcos. “Nada no mundo da presdigitação foi tão fascinante quanto essa belíssima e talentosa mulher em seus manuseios e entretenimentos” disse o “The Daily News” de Chicago sobre a apresentação de Adelaide Herrmann em fevereiro de 1900.

Mas, voltando ao assunto, ao procurar informações sobre essas mulheres sou obrigado a ver que elas foram condenadas ao ostracismo. Obscurecidas por figuras mais proeminentes da época como Thurston, Houdini, etc. E é por isso que, mesmo depois de 100 anos, proponho aqui um resgate à memória dessas mulheres que, sem sombra de dúvida, embelezaram e contribuiram para nossa arte. No mais, elas derrubam um grande mito que é propalado até hoje de que a mágica é uma arte machista e que mulher “só servia para ser serrada ao meio”.

-x-

1. ADELAIDE HERRMANN

Artista: Adelaide Herrmann

Título: Rainha da Mágica

Tamanho: 20 x 40 (polegadas)

Data: 1900

Litógrafo: Strobridge

Conhecida como “A Rainha da Mágica”, Adelaide Scarcez (nome de solteira) era uma dançarina de sucesso, quando aos 22 anos conheceu o mágico Alexander Herrmann em 1875. Após o casamento dos dois, uniram-se em um enorme e vistoso espetáculo. Ela dançava no show de seu marido – algo comum na época (dançarinas em shows de mágica).

Em 1896 Alexander veio a falecer o que deixou Adelaide muito triste. Mas mesmo asism ela continuou com o show. Em 1897 a “Herrmann the Great Company“, pôs-se na estrada estrelando Adelaide e Leon Herrmann, seu sobrinho. Adelaide dançava e executava alguns dos melhores números de Alexander. Ela e Leon tiveram algumas divergências e acabaram se separando em 1899.

Adelaide Herrman agora a “Rainha da Mágica” viajou com seu grande show por inúmeros lugares até se aposentar em 1928 aos 75 anos de idade. E em todos esses anos de viagem ela levava todo os aparatos e partes da cenografia, que, como pode-se ver na figura abaixo, não era pouca coisa.

Título: O Voo da Favorita

Artista: Adelaide Herrmann

Data: Aprox. 1900

-x-

2. TALMA

Título: Moedas nas Pontas dos Dedos

Artista: Talma

Tamanho: 20 x 30 (polegadas)

Data: 1905

Litógrafo: Friedlander

Mercedes Talma era o nome artistico de Mary Ann Ford, nascida na Inglaterra em 1861. Era casada com Servais Le Roy, seu parceiro de shows, junto com Leon Bosco, formando assim o trio “Le Roy, Talma & Bosco” e seu show “The Comedians de Mephisto Co“.

Talma era especialista em manipulações, e em espacial, manipulações de moedas. Ela era considerada a “Rainha das Moedas”, dada a sua extrema habilidade.

Diz-se que o foram os primeiros a executar a “Levitação Asrah” em Londres, isso no ano  de 1914.

-x-

3. VONETTA

Título: Fogo & Espada, Ilusão de Cremação

Artista: Vonetta

Tamanho: 15 x 10 (polegadas)

Data: 1915

Litógrafo: David Allen

Vonetta, nasceu Etta Ion na Inglaterra já no fins do século XIX. Foi uma das mais famosas ilusionistas de seu tempo.

Em 1906, junto de seu marido, ela estreiou no ato de Von-Etta: “O Mistério Indescritível”. Mais tarde no Hipódromo de Londres ela se se auto-proclamaria como sendo “A Única Mulher Ilusionista do Mundo”. Um de seus mais famosos números era caixão flutuante, seguido de uma substituição.

Ela se retirou dos palcos em 1914 com o início da Primeira Grande Guerra, e acabou tornado-se professora de dança. Em 1924, com a fundação da Associação Escocesa dos Conjuradores, ela foi aclamada como membra honorária, e se apreentou várias vezes nos eventos da Associação, incluindo o famoso evento de abril de 1931 “Nossa Noite de Mágica” (Our Night of Magic).

4. AS DEMAIS DAMAS

Procurei sobre as outras mulheres desta época que também atuavam como ilusionistas, incluindo: Victoria Berland (A Imperatriz dos Presdigitadores); Abigail Price; Mohala; Celia (La Celebre Voyante); Elsa Amadria entre outras. Mas as informações são bastantes incompletas e por vezes até confusas.

Mas em homenagem à esta mulheres, segue abaixo os cartazes de seus shows.

E digo que continuarei a procurar informações sobre elas. E assim que houverem novidade, vocês, caros leitores, serão os primeiros a saber.

É isso, espero que tenham gostado.

Abraços!

Título: A Maravilhosa Mohala

Performer: Mohala (Mary Robinson)

Tamanho: 82 x 42 (polegadas)

Data: aprox. 1915

-x-

Título: Abigail Price

Data: aprox. 1905

Litógrafo: Goes Litho

-x-

Título: Celia – La Celebre Voyante

Performer: Celia

Tamanho: 31 x 23 (polegadas)

Litógrafo: Girbal

-x-

Título: Maravilhoso. Incompreensível.

Performer: Elsa Amadria

Tamanho: 36 x 58 (polegadas)

-x-

Título: Mágica & Ilusão

Artista: Miss Marianna de Lahaye

Tamanho: Uma Folha Francesa

Data: aprox. 1898

Litógrafo: Charles Levy – Paris

-x-

Artista: Victoria Berland
Título: A Imperatriz da Mágica
Tamanho: Meia-folha
Data: aprox. 1898

-x-

5. FONTES

Imagens :

http://www.magicgallery.com/Women%20images%20page.htm

Textos:

http://www.magicexhibit.org/story/story_adelaide.html

http://en.wikipedia.org/wiki/Talma_(magician)

http://www.geniimagazine.com/wiki/index.php/Vonetta

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s